TETSUJIN 28-GÕ (HOMEM DE AÇO)

  tetsujin-28, homem de aço, lindo, desenho, anime, nostalgia

             Isso mesmo Astro Boy não foi o primeiro anime com estilo robô. Tetsujin 28-gō (鉄人28号, literalmente: "Homem de ferro número 28") é um mangá escrito e ilustrado por Mitsuteru Yokoyama. Publicado na revista Shōnen em 1956, tornou-se o primeiro mangá com a apresentar um robô gigante, iniciando o que viria mais tarde a ser conhecido como gênero mecha. A série baseava-se nas aventuras de um garoto, Shotaro Kaneda, que controlava um robô gigante construído por seu pai.
             O mangá foi mais tarde adaptado para quatro séries animadas na TV, tornando-se também o primeiro seriado japonês a mostrar um robô gigante, assim como havia acontecido com o mangá.
           A série de 1963 foi levada um ano mais tarde para os Estados Unidos como "Gigantor". Na Espanha, onde o seriado atingiu um grande sucesso, o robô foi batizado de Ironman 28, nome que também foi largamente adotado em quase toda a América Latina, com exceção de México (onde ficou conhecido como Hombre de Acero, Homem de Aço). No Brasil, alguns episódios da série que foi chamada de Homem de Aço foram exibidos no início da década de 1970 na extinta TV Tupi (no programa vespertino chamado Sessão Rataplan, que trazia outros animes tais como o Príncipe Planeta).

SUA CRIAÇÃO

             A concepção do Tetsujin de Mitsuteru Yokoyama, do mesmo modo que a do Astro Boy de Osamu Tezuka, foi fortemente influenciada pelas experiências de guerra do artista. No caso de Yokoyama, isto ocorreu por causa dos bombardeamento de Kobe, sua cidade natal, durante a Segunda Guerra Mundial.
            Como ele mesmo descreveu em 1995 para a revista Ushio: "Quando eu estava na quinta série, a guerra terminou e pude retornar da província de Tottori, para onde eu havia sido evacuado, para Kobe. A cidade tinha sido totalmente destruída e reduzida a cinzas. As pessoas disseram que era por causa dos bombardeiros B-29... Como a criança que eu era, fiquei totalmente pasmo com aquele poder destrutivo e terrível." Outra influência na criação de Tetsujin foram os Vergeltungswaffen, super armas projetadas para o bombardeamento estratégico de longa-distância durante a Segunda Guerra Mundial, além da ideia de que a Alemanha nazista possuía uma arma secreta capaz de reverter seu destino na guerra. A terceira influência inspiradora para a criação de Yokoyama foi o filme Frankenstein, de 1931, que reforçou a crença de Yokoyama de que o monstro em si (assim como seu robô) não é nem bom nem mau. 



de uma olhada em mais mangás de Mitsuteru Yokoyama https://dirtcheapmag.wordpress.com/tag/manga

SEU CRONOGRAMA 

https://pariedolia.weebly.com/uploads/4/3/6/1/43615323/gigantor000_orig.jpg
imagem de um episódio da época
Série de TV (1963)
Estreou na Fuji TV do dia 20 de outubro de 1963 até 25 de maio de 1966. A série inicialmente terminaria com 84 episódios, mas acabou retornando com mais 13, terminando com um total de 97

cartaz de divulgação na época
Série de TV (1980)
A série Shin Tetsujin 28-go (Novo Tetsujin 28) de 1980-81 foi feita com 51 episódios coloridos baseada numa concepção modernizada da arte original.


capa do dvd box
Tetsujin 28 FX
Sequência de Shin Tetsujin 28, de 1980. Segue as aventuras do filho de Shotaro, Masato, que controla uma nova edição de Tetsujin e trabalha para uma agência de detetives junto com outras crianças, entre elas, Shiori Nishina, neta do inspetor Otsuka. O Tetsujin FX era controlado por um controle remoto em formato de arma, que tinha de ser apontada e disparada na direção do robô para que ele obedecesse aos comandos. A série passou na Nippon TV de 5 de abril de 1992 até 30 de março de 1993, totalizando 47 episódios. Foi também transmitida para toda a América Latina.


imagem de um episódio da  série
Série de TV (2004)
Escrita e dirigida por Yasuhiro Imagawa, a estória se passa dez anos depois da Segunda Guerra Mundial, aproximadamente o mesmo tempo em que o mangá estreou. Esta nova série de TV foi transmitida para os Estados Unidos sob o seu nome original, Tetsujin-28, pela Geneon e no Reino Unido pela Manga Entertainment. Esta foi a primeira vez em que o nome Tetsujin-28 não foi modificado para "Gigantor" nos Estados Unidos e outros países de língua inglesa. A série televisiva acompanha principalmente as tentativas de Shotaro de conseguir controlar e entender todas as habilidades de Tetsujin, enquanto se depara com criações mais antigas e cientistas do Projeto Tetsujin. Apesar de não ser totalmente baseada no manga original, seguiu um roteiro inteiramente diferente da série de 1960.



fonte. http://animeperson.com/anime/tetsujin_28_go_hakuchuu_no_zangetsu
Filme de Longa-Metragem (2007)
No dia 31 de março de 2007, um filme de longa-metragem intitulado "Tetsujin 28-go: Hakuchu no Zangetsu" (que pode ser traduzido como "Tetsujin 28: A Lua Diurna") estreou nos cinemas japoneses. O filme utilizou os mesmos cenários e personagens da série de 2004, embora tenha modificado o início da série. Entre as mudanças, apareceram novos personagens, como "Shoutarou", meio-irmão mais velho de Shotaro que estava na mesma tropa da força aérea que Ryuusaku Murasame; e "Tsuki", um homem com o corpo todo enfaixado, que tenta matar Shotaro. Até o presente momento não há planos de transmitir o filme no ocidente, apesar de seu relativo sucesso na Ásia.

Fonte. wikipédia
TETSUJIN 28-GÕ (HOMEM DE AÇO) TETSUJIN 28-GÕ (HOMEM DE AÇO) Reviewed by baketac on novembro 17, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.